30/09/2009

amigos

1. A série transcrições faz parte.de uma proposta de linguagem   dispersa. e. sombria..


Graviola/ saboneteiras/ quinta tirar pontos/ Tut/ ligar pra amiga do Rick/ Ipsos/ meus livros/ Soraya/ amigos de trabalho/ perto da aranha/ quando brigo me sinto vivo/ Pai Joaquim D'Angola/ saturnianos ouvidos não podem ser sodomizados/ agora:
(paralisia)
(toca celular)
__ vi foto sua e de seu namorado no blog da Márcia Bechara (descarnando fala). Ainda não li esse livro...
__ blz... nunca crie expectativas...
__ o q foi isso no seu rosto?
__ refrão: um casal se recusou a dar-me esmola...
.
Po(o)r...
Por admiração, ninguém precisa conhecer antídotos contra amnésia - essa que não pode ser afetuosa, muitos menos comunicativa com espíritos multimídia.
Por fome?
Por não despertar tanto interesse quanto escadas. Ao 1° andar sobem tais argumentações, sem Maria da Penha.
.
.
:::Luxo... ...Poder... ...Magia... ...y Sedução:::
.
.
não podem mais fazer pergunta (récita maloqueirista).
__ não tou entendendo nada.
__ não sabia que vc era tão Åறßi©iΘsΛ...
__ ia dizer "olha só! uma lesma no degrau", a despeito d'avoada consciência dos meus pés.
__ mercúrio?
__ não, creme antimicose, por favor (eu pensei q vc era uma pessoa boa...).
.
Até mexer nos calos da Pilar (pilareducadora@hotmail.com) é coisa que fotógrafo nenhum arrisca. Também: registrar lançamento de "Palavras Inacadêmicas", na Galeria Olido, requer ouvidos vivos, melhor adaptados com comes e bebes pra tranquilizar aquela falta de etanol. Sebastião Nicomedes continua no mezanino y, enquanto Daniel Peixoto vê a exposição olho da rua, performance das quengas do Binho divulga uso de preservativo e óleo de macaxeira.
(risos)
entra vinheta
oferecimento
* Ocas" - Oraganização Civil de Ação Social;
* Multiplex - eu quero ser modelo/ eu quero ser ator/ alguém acende a luz/ por favor;
* Penélope fogosa - 300 1h boneca recém chegada da europa adoro anal c/ dotado tudo 2x s/ fresc 98865134.
* Ingratidão:
(mudança de espaço)
(mudança de espaço)
(mudança de espaço)
.
etc: Chega uma hora em que não se vê mais graça em subjetividades bastardas. Se vc quiser mexer, mudar de blog, fica à vonts... Endireite a coluna, seja simpático com colegas de (cotovelo indo pra trás) teatro, agradeça: Buh Fernandes, Pedro Melo, Loser Baby, Gal Costa (continua...)
.
.
.
"...Uma deliciosa caipirinha, tomar ponderando
pra não cair e mostrar as calcinhas
Conheço umas garotas que depois de uns
goles, começam a fazer gracinhas,
Deixando a mercê a perseguida periquitinha!
Uma vez, tomando cachaça paulistana, conheci um cara bacana..."
.
.
.
__ se lembra que a gente se conoceu através desse poema?
__ (qual a maneira certa de reagir?) sonhei com Rick...
__ quem vai ser o novo moderador da comunidade "pensava q era contemporâneo, as sou louco"? Nunca vejo membros se afogando na proposta...
__ (cotovelo ΛquiNΛl ♀) quer 1.000 reais emprestado?
__ pode crê. Tomara que Dolores de Las Dores abra link...
.
Mendigos são tão elegantes quanto morte onírica, a entrar no Inferno, sem passaporte, olhe, é o fim... Como podem deixar Harry Roy and his Tigers Ragamuffins discotecarem pressa gostosa/tímida que desfila louca que eu a alise, a convide pra bater cabelo, com muita classe, veja bem, olhinhos brilhando (lembrete: 90% afogado). Empertiga esse busto, mew!
__ prazer, Eduardo Cunha...
__ (na verdade "superfície/profundezas" contínuo) José Amâncio e Seus Trinta e Nove, encantado...
__ lembram-me Igor Cavalera...
__ soul brasileño, ponto finale.
__ sou eu quem faz a voz dos personagens...
__ e reedições? qual vantagem de inserir baita texto em postagemantiga?
__ pergunte à amizade.
.
Ela me bota pra cima, ou seja, não é obcecada por mim (quem vai embora primeiro?), nem por fotografia, instalação, ilustração e aulas de boxe. Amizade tem diversos olhares, entrada grátis (até 4 de outubro). É vida X propriedade
.
.

(difícil adjetivar) (kiss my jazz) (afogamento clichê)
.
.
Coração de fã se ilumina: que alegria. Seus tênis de mano dançam compassados (olhares blasé) aos braços em ritmo a la Ogum/Public Enemy. Como q por lealdade, deixo caderno gentilmente virado ao foco quando a liberdade dos meus braços ao gentil gigolô do mezanino não atrai mais reportagem (quem vai falar?). Ela não me agride/ será que eu agrido ela?
__ tipo assim, tou fazendo tcc, Ω ΣΠhΘ Ω papel pra vc...
__ eu parei faz 2 meses...
__ e Jurema?
__ vir
ou fã de
╔══╗
║╔╗║
║╚╝╠══╦╦══╦═╗
║╔╗║╔╗║║║║║╩╣
╚╝╚╩╝╚╩╩╩╩╩═╝

__ vc lê mto né?
__ já fiz mta coisa errada nessa vida, mas nunca matei ninguém...
__ rsrs... ɐdɐɹǝuʇǝɯǝuʇǝ d Σ § c Θ n Σ ҳҲҳ Λ , sua linguagem lembra minha cadela: ficava louca de tempos em tempos, aprontava horrores fora de casa, ficando um tempão fora, as no final acabava sempre voltando...
__ (sainda da casa noturna) já escreveram um livro com título merecedor dessa comparação... ainda tou nas nuvens...
__ cpf na notinha?
__ (Θdeio diminutivos) não faça pose na frente do meu horizonte. Caso contrário,,,
εїз
Λcåß҉ooommm εїз com sua carreira, depois com sua vida rsrs...
__ de nada
.
Dar tchau pra fotografias e vídeos é uma coisa, (chegando na praça Roosevelt) conhecer celebridades é outra hora certa pra relativamente aceitar quem não olha caracóis no chão: velas acesas, encantadeiras: dando coice no Espaço dos Parlapatões. O lançamento da Não Funciona foi um sucesso. Poemas de Edson Pielechovski, inclusos nessa 19° edição, foram recitados pelo próprio. Até o Dario e a namorada loira dele tavam lá...
Faixas Bônus: "presença" y "as pessoas" (palmas)
Ah... quanta gente bacana, feliz e bonita...
.
Quando vc tem as ferramentas necessárias pra se explicar (zoom out) é porque razão já não mais é protocolar...


.
[clique para ampliar]
.
.

poesia maloqueirista
.
.
.
.
onomástica (continuação):
Juracema das Almas
Restaurante italiano Paraíso
Maria Alice
Antonio Claudio
Kleos
Chicco
Cláudia Canto
boteco da japa
boteco dos cearenses
Não-violência
Olavo Bilac
Rick
.
.
.

: ainda não posso acreditar...

4 comentários:

Giba disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Chicco disse...

então, Edson. fico muito feliz por você e pela literatura brasileira. Quando chegar à sampa comemoramos mais esta conquista, com vinhos, queijos, poesias e felicidade.

Sucesso!!!

Jennifer Dias disse...

um feito e tanto, hein?
a nova geração da poesia =)

parabéns!

Bruno disse...

Queria ir.
Apareci ali por uns segundos.
Bueno!