30/09/2009

amigos

1. A série transcrições faz parte.de uma proposta de linguagem   dispersa. e. sombria..


Graviola/ saboneteiras/ quinta tirar pontos/ Tut/ ligar pra amiga do Rick/ Ipsos/ meus livros/ Soraya/ amigos de trabalho/ perto da aranha/ quando brigo me sinto vivo/ Pai Joaquim D'Angola/ saturnianos ouvidos não podem ser sodomizados/ agora:
(paralisia)
(toca celular)
__ vi foto sua e de seu namorado no blog da Márcia Bechara (descarnando fala). Ainda não li esse livro...
__ blz... nunca crie expectativas...
__ o q foi isso no seu rosto?
__ refrão: um casal se recusou a dar-me esmola...
.
Po(o)r...
Por admiração, ninguém precisa conhecer antídotos contra amnésia - essa que não pode ser afetuosa, muitos menos comunicativa com espíritos multimídia.
Por fome?
Por não despertar tanto interesse quanto escadas. Ao 1° andar sobem tais argumentações, sem Maria da Penha.
.
.
:::Luxo... ...Poder... ...Magia... ...y Sedução:::
.
.
não podem mais fazer pergunta (récita maloqueirista).
__ não tou entendendo nada.
__ não sabia que vc era tão Åறßi©iΘsΛ...
__ ia dizer "olha só! uma lesma no degrau", a despeito d'avoada consciência dos meus pés.
__ mercúrio?
__ não, creme antimicose, por favor (eu pensei q vc era uma pessoa boa...).
.
Até mexer nos calos da Pilar (pilareducadora@hotmail.com) é coisa que fotógrafo nenhum arrisca. Também: registrar lançamento de "Palavras Inacadêmicas", na Galeria Olido, requer ouvidos vivos, melhor adaptados com comes e bebes pra tranquilizar aquela falta de etanol. Sebastião Nicomedes continua no mezanino y, enquanto Daniel Peixoto vê a exposição olho da rua, performance das quengas do Binho divulga uso de preservativo e óleo de macaxeira.
(risos)
entra vinheta
oferecimento
* Ocas" - Oraganização Civil de Ação Social;
* Multiplex - eu quero ser modelo/ eu quero ser ator/ alguém acende a luz/ por favor;
* Penélope fogosa - 300 1h boneca recém chegada da europa adoro anal c/ dotado tudo 2x s/ fresc 98865134.
* Ingratidão:
(mudança de espaço)
(mudança de espaço)
(mudança de espaço)
.
etc: Chega uma hora em que não se vê mais graça em subjetividades bastardas. Se vc quiser mexer, mudar de blog, fica à vonts... Endireite a coluna, seja simpático com colegas de (cotovelo indo pra trás) teatro, agradeça: Buh Fernandes, Pedro Melo, Loser Baby, Gal Costa (continua...)
.
.
.
"...Uma deliciosa caipirinha, tomar ponderando
pra não cair e mostrar as calcinhas
Conheço umas garotas que depois de uns
goles, começam a fazer gracinhas,
Deixando a mercê a perseguida periquitinha!
Uma vez, tomando cachaça paulistana, conheci um cara bacana..."
.
.
.
__ se lembra que a gente se conoceu através desse poema?
__ (qual a maneira certa de reagir?) sonhei com Rick...
__ quem vai ser o novo moderador da comunidade "pensava q era contemporâneo, as sou louco"? Nunca vejo membros se afogando na proposta...
__ (cotovelo ΛquiNΛl ♀) quer 1.000 reais emprestado?
__ pode crê. Tomara que Dolores de Las Dores abra link...
.
Mendigos são tão elegantes quanto morte onírica, a entrar no Inferno, sem passaporte, olhe, é o fim... Como podem deixar Harry Roy and his Tigers Ragamuffins discotecarem pressa gostosa/tímida que desfila louca que eu a alise, a convide pra bater cabelo, com muita classe, veja bem, olhinhos brilhando (lembrete: 90% afogado). Empertiga esse busto, mew!
__ prazer, Eduardo Cunha...
__ (na verdade "superfície/profundezas" contínuo) José Amâncio e Seus Trinta e Nove, encantado...
__ lembram-me Igor Cavalera...
__ soul brasileño, ponto finale.
__ sou eu quem faz a voz dos personagens...
__ e reedições? qual vantagem de inserir baita texto em postagemantiga?
__ pergunte à amizade.
.
Ela me bota pra cima, ou seja, não é obcecada por mim (quem vai embora primeiro?), nem por fotografia, instalação, ilustração e aulas de boxe. Amizade tem diversos olhares, entrada grátis (até 4 de outubro). É vida X propriedade
.
.

(difícil adjetivar) (kiss my jazz) (afogamento clichê)
.
.
Coração de fã se ilumina: que alegria. Seus tênis de mano dançam compassados (olhares blasé) aos braços em ritmo a la Ogum/Public Enemy. Como q por lealdade, deixo caderno gentilmente virado ao foco quando a liberdade dos meus braços ao gentil gigolô do mezanino não atrai mais reportagem (quem vai falar?). Ela não me agride/ será que eu agrido ela?
__ tipo assim, tou fazendo tcc, Ω ΣΠhΘ Ω papel pra vc...
__ eu parei faz 2 meses...
__ e Jurema?
__ vir
ou fã de
╔══╗
║╔╗║
║╚╝╠══╦╦══╦═╗
║╔╗║╔╗║║║║║╩╣
╚╝╚╩╝╚╩╩╩╩╩═╝

__ vc lê mto né?
__ já fiz mta coisa errada nessa vida, mas nunca matei ninguém...
__ rsrs... ɐdɐɹǝuʇǝɯǝuʇǝ d Σ § c Θ n Σ ҳҲҳ Λ , sua linguagem lembra minha cadela: ficava louca de tempos em tempos, aprontava horrores fora de casa, ficando um tempão fora, as no final acabava sempre voltando...
__ (sainda da casa noturna) já escreveram um livro com título merecedor dessa comparação... ainda tou nas nuvens...
__ cpf na notinha?
__ (Θdeio diminutivos) não faça pose na frente do meu horizonte. Caso contrário,,,
εїз
Λcåß҉ooommm εїз com sua carreira, depois com sua vida rsrs...
__ de nada
.
Dar tchau pra fotografias e vídeos é uma coisa, (chegando na praça Roosevelt) conhecer celebridades é outra hora certa pra relativamente aceitar quem não olha caracóis no chão: velas acesas, encantadeiras: dando coice no Espaço dos Parlapatões. O lançamento da Não Funciona foi um sucesso. Poemas de Edson Pielechovski, inclusos nessa 19° edição, foram recitados pelo próprio. Até o Dario e a namorada loira dele tavam lá...
Faixas Bônus: "presença" y "as pessoas" (palmas)
Ah... quanta gente bacana, feliz e bonita...
.
Quando vc tem as ferramentas necessárias pra se explicar (zoom out) é porque razão já não mais é protocolar...


.
[clique para ampliar]
.
.

poesia maloqueirista
.
.
.
.
onomástica (continuação):
Juracema das Almas
Restaurante italiano Paraíso
Maria Alice
Antonio Claudio
Kleos
Chicco
Cláudia Canto
boteco da japa
boteco dos cearenses
Não-violência
Olavo Bilac
Rick
.
.
.

: ainda não posso acreditar...

20/09/2009

influências

Esse é o convite.
Antes do tempo necessário pra influenciar textículo sobre amizade.
Amizade que deveria ter ido mais além.
.
Vivia insistindo para que eu fosse com vc no Clube A...
Queria dividir uma goma comigo...
Me ensinou várias gírias paulistanas...
Foi o melhor amigo em São Paulo...
...
.
Sem tempo de ver Augusta ser tri aplaudida.
Ela quebrou salto, mas continuou, bela.
Agora o professor de teatro da boneca estará se apresentando na Oswald de Andrade (um dos seus poetas preferidos...).
Conta-se com a presença dos mortos em vida.
.



.
.
[clique para ampliar]

11/09/2009

poetas

Não tá dando pra visualizar muito bem o convite (não tá dando pra ampliá-lo), entonces: falo do sarau que acontecerá na Casa das Rosas, domingo agora dia 20, às 16h. Estaremos declamando, eu e colegas, poemas de Frederico Barbosa + poemas nossos...
Boa oportunidade para você que está querendo saber o que há de novo em matéria de poesia hoje em dia. É a segunda edição do projeto, graças à Maria Alice, minha querida poeta. (Apresentar-se-ão alunos e ex-alunos dos cursos da casa).
Você pode levar amigos e inimigos mortais de bouwa mesmo, chega lá e não dá bola pra segurançalgia de plantão, pois segundo previsões será um dia risonho e límpido....
.
8888************BRINKS************8888
.
Non-sense é pouco compreendido pela ala profissa.
Pois além do convite tenho algo a mais para dizer: faça leitura adequada. Leitura adequada: entender que existe proposta não só no hino vanuso-brasileiro... Não é sério: faz algum tempo que procuro leitor(a) que me compreenda. Quase choro por achar que estou voltando aos bons tempos de mágoa de caboclo. Não deu tempo de concentrar-me no processo e jeremiadas têm pavor de soezes comentários.
.
(risus)
.
Tom confessional vem sofrendo sanção de Edson Pielechovski. Vá no evento. Tchau.
.
.
.
.


.
Não há nada de errado em tomar água "torneiral"! Saiba que ela é bem tratada antes de chegar a sua casa. Melhor que ter incômodos garrafões é instalar um purificador na torneira. O consumo de água engarrafada envolve o transporte em veículos a diesel.

01/09/2009

anjos

Vida amanhece quadro da vida, isso também é sem controle, insight sobre capa de agenda. A primavera transparece bem mais na costura de fatos que não acrescentam nada, nem graça. Como achar graça da labirintite? Só tomando risonho... rrrrisonho e límpido Vertix. Proibir é coisa de adulto, pero, please, não criem + sena pelos perfis psicopatas, frustrados, crethÿnos...
.
Acreditar que as coisas continuam, assim, límpidas, não é crime. Já obsessão de não acreditar em ninguém é coisa que não acrescenta em nada ao leitor de emoções: olho esquerdo sempre maior na constatação: não existe algo tão vil quanto alguém que finge falar no telefone. Aconteceu na fila pra ver palhaços:
.
linha 1:: quem eram esses nobres sofredores?
linha 2::: estavam caminhando bem na hora em que cegam festejos, orando por você (achando ainda que idade adulta se dá por descrença e safadeza à luz do dia?). Um deles está na lan-house.
.
Fazer mal a quem não merece pode ser coisa mais humana que obra humana? Espelho não sabe. Fim dos créditos na lan-house. Mas não queira mal quem nunca lhe fez mal: nem mesmo palhaços são legais. Legal: pessoa que sabe a hora de calar a boca (ou seja: vc fala uma vez e ela entende...). Pessoa educada: aquela que desde cedo ama encanto, seja este nativo ou exótico. Eis algo que seguranças e funcionários da Casa das Rosas não têm: bom salário. Só pode ser isso: não dá pra acreditar que desconforto é premissa pra adentrar nesse recinto que dizem ser "aberto ao povo"... balela: hoje em dia, o clima shopping-center-chic não tem nada a ver com poesia. Com certeza, isso é sabido, existem pessoas que não sabem lidar com situações-limite y simplesmente não conseguem ser discretas quando percebem-se no mesmo contexto sexual que uma pessoa diferente, bonita, livre... Certo evento nesse lugar foi o desastre do "Simpoesia", com curadoria de Virna Teixeira, poeta que eu admiro até o segundo livro. Coitada: ela ia de lá pra cá, preocupada em proteger contra assaltantes (subconscientes) livros vendidos em sala reservada. Outra hora, exigindo silêncio, a madame se retirou de bate-papo entre poetas de língua inglesa: foi até o andar superior - lugar do barulho - e quando voltou deve ter resvalado feio nas escadas, pois logo ouviu-se "aquele" baque de saltos altos. Tatiana Fraga é outra que começa a botar asinhas de fora, seja dando palpites no walkie-talkie ("tá tudo bem agora, ele tá rindo..."), seja não sabendo lidar com encantos que não os nativos. Nativismo: Marina Silva que pense nisso. Ah... Quem dera essa mulher fosse pro P-SOL...
.
Mas não: as pessoas simplesmente acham que você não percebe as coisas. Só quando se fala na linguagem do coração que é possível chegar à seguinte conclusão: é o artista quem deve respeitar o público. Não há algo tão ignóbil quanto subir ao palco achando que ainda se está na plateia, esta que vê-se ofendida e mal consegue olhar na cara de quem torce nariz perante sorriso. Já obsessão de não mostrar dentes é coisa que, no teatro, talvez valha mais que câmeras de ouro. Se você vai ao cinema, vai à piscina, à aula...

Aula: narrativa nascendo dentro de cansaço descritivo: amanhã roupas devem ser lavadas e tem que comprar nescau/ lampadinha (ok)/ (neblina)/ estudar/ Fátima/ fisiatra/ proteína pop contra nuvem negra/ (luz)/ Anticristo/ concurso/ respeito você/ a linguagem é linda.
.
linha 1:: foi palhaçada do começo ao fim.
linha 2::: ela poderia achar que eu gosto dela?
linha 3:::::::::: dentro desse carrão qualquer mina fica com olho brilhando.
.
Penelope Jolie sai da Ferrari amarela, abre o portão: ninguém é bobo aqui, ninguém precisa fazer chuca em cima do sapo. Engraçado? Contemporâneo? Nada disso acrescenta algo à verdadeira meta (nuvens). Esse ar de inimizade é premissa, e não obsessão. Ninguém precisa ficar sabendo se a tarde é discursiva e/ou se o banho é de palavras - palavra. mais garrida - e palavras que só machucam, palavras acesas como raio no chão que não é surdo. Quando deuses sufocam e quadros namoram (trovões)...


.
.
quem.vc.realmente.é
video