18/02/2017

vendo quem curtiu

17 de Fevereiro de 2017
Biblioteca Mário de Andrade

na esperança de que você ainda me lê, de graça. você que não sei quem é ou que ainda virá editar transfrígida, ao invés de seguir lendo Casimiro, sem espanto. minto,  ainda não terminei Ulysses. hoje faz duas semanas que Danuza alojou-se na Marconi, atraindo riqueza. se eu falo mocó atraio arrudas mortas, simples substitutas.

na verdade sou um corpo sedento por amores que nunca amaram nem desistiram de amar. pronomes românticos trolados ao léu, na vaidade. verdade, encontrei Soraya e confiro quem curtiu a foto. troco você, meu coração tu tu, tu...  tudo aceito no atestado. Kauê tbm. mtas curtissões.

recebi r$300 dos adiantados, imediatamente pensei em suruba, em fazer porcaria, mas me contive com visita teleguiada ao espaço 24 horas, sem agrotóxicos. o vídeo está sendo compilado, endireito coluna. com quem eu falo? manifeste-se, saia do casulo. penso em você, pensei que tinha esquecido, não saio da cama antes de descobrir teu cheiro na cabeça do meu pau, amanhecido em promoção de poluções epopeicas (você não curtiu minha foto). só ponho meu coração na mão de quem pode (ia escrever fode: o poder das palavras descarrila da realidade e tu fica parecendo um pastor esquizopositivista). coisa miúda, coisa de muié.

não tenho escolha a não ser gozar gostoso de amor e alegria.

Nenhum comentário: